Casa da Fada Azul

Na casa da Fada Azul tem sempre biscoitos de gengibre, mel e canela, assando no forno!
Perfume de flores por toda parte...
Na casa da Fada Azul ouve-se risos de crianças, o cantar dos passarinhos e música suave, com flautas e sinos!

Sejam bem-vindos à casa da Fada Azul!


Em homenagem aos meus filhos, Dhayaram e Suraj, que amam fadas, principalmente a Fada Azul!

segunda-feira, 26 de janeiro de 2009

O presente das Fadas

As crianças estão passando por um momento de transformação: educacional, de valores, formas de brincar.


Estava assistindo ao filme “Horton” com meus filhos e lá existe uma personagem que tenta acabar com os planos do elefante Horton, que precisa levar uma flor, que contém um grão de “poeira” onde, dentro dele, existe um outro mundo. Horton consegue se comunicar com o prefeito desse mundo e a Canguru quer atrapalhar porque ela acredita que Horton quer fazer com que as outras crianças tenham imaginação!


E isso as crianças têm perdido, na realidade.


Conseguir brincar com coisas simples, nada de luzes piscando ou barulhos estranhos, tornou-se algo tão distante da realidade infantil, quanto pisar no chão, tomar banho de chuva, se meloar chupando uma manga...

O que era simples tornou-se inacessível e o que antes era de difícil acesso, se encontra em qualquer esquina.

Assim acontece a inverção de valores...

No blog da Green Womin, tem um tópico que fala sobre uma doença que está atingindo diversas crianças, pela falta de contato com a natureza.


Em qualquer lugar do planeta é possível ter esse contato, tão simples e, ao mesmo tempo, tão distante, perto das inúmeras distrações do mundo comtemporâneo.


O que fazer?


Atos simples nos leva à plenitude!


Plantar numa garrafa pet, utilizando-a como uma estufa é uma maneira de ensinar diversas coisas às crianças, sem que isso seja algo imposto, chato e sem graça.


Ela terá a oportunidade de:


· ter contato com a terra;

· observar os ciclos da natureza, escolhendo a lua apropriada ao plantio e o crescimento de sua planta;

· perceber a quantidade de lixo que se produz em casa, usando as garrafas vazias que são diariamente consumidas ou, se em sua casa não consome tanto ou nada, perceber o quanto de lixo o vizinho (peça uma doação de garrafas para as estufas) produz;

· aprender a dar valor ao que consome, evitando gerar lixo desnecessáriamente;

· saber que tudo tem uma utilidade.


Entre valores como cooperação (realizando a atividade com a sua ajuda), perseverança e realização.


A idéia do presente das fadas foi citada no tópico sobre Yule, como sugestão na árvore, e a reação das crianças, ao perceberem o presente perto da árvore representa muito! Aqui em casa, além das sementes com a respectiva figura das árvores já crescidas, coloquei uma cartinha, enrolada como um papiro, com uns 10cm de comprimento e 4cm de largura, com versos da Fada Jardineira (essa eu plagiei do filme da Tinker Bell. Rs) escritos por mim, de uma forma forma simples, para meus filhotes!


“Sou uma Fada Jardineira

e colhi essas sementes a noite inteira!

Cuidem delas com carinho,

Não colocando em qualquer cantinho.

Quero vê-las plantadas

Num lugar especial,

Para que elas cresçam felizes,

Iluminando o quintal...”


De sua amiga, Liz, a Fada Jardineira


(O nome escolhi por causa da flor de liz)


Com um gesto, ainda que simplório, a imaginação cria asas e você, assim como eu, verá o sorriso radiante no rostinho de sua criança!

Beijos de Fada

10 comentários:

Salamandra disse...

Olá
que maravilha voçê fez, é com gesto simples como esse mas maravilhosos que se constroem tambem seres maravilhosos.
Parabéns pala mãe que voçê é, até me emocionei.
Um beijo e um abraço cheio de luz na sua alma
Salamandra

Mulher de fases disse...

Que lindo Ariany!Nunca tinha pensado nisso...realmente hoje em dia as crianças estão ficando até meio...céticas!Acabou a magia...parece que viraram adultos miniatura!Mas acho que vc deu uma ótima idéia...vou experimentar aqui com meu filhote!bjo...

Salamandra disse...

Voltei para te dizer que passes no meu blog tem um selinho para ti.
Um abraço de alma
Salamandra

Fernanda disse...

Olá!
Cheguei aqui através de "Crianças pagãs"; gostei muito do seu blog e particularmente deste post.
Também sou mãe de crianças pequenas e tento desde sempre ensinar-lhes o respeito e gratidão pela terra. Os meus pequenos apreciam imenso a natureza e graças a Deus vivemos numa casa com jardim, onde eles podem caminhas descalços e plantar bolbos de flores.

Bjos

Cláudia Farias disse...

Olá!
Através do blog que amigas conheci o seu.
Já estou te acompanhando.
Dá uma passadinha no meu.
bjs

Flora Zabella disse...

Linkei seu blog no "Pagãozinho".
Beijos

Bruma Artio disse...

Lindo e sensível demais, parabéns!

Ariany (Dhanna) disse...

Tudo que é feito de coração se torna mágico...

Simone disse...

oi querida, td bem?
Vim convidá-la pra conhecer meu cantinho novo.Eu tinha o Mone´s Blog lembra? Vem conhecer o novo bloguinho.Um bjo

Lovely disse...

cara vc é demais, me lembra uma fada das minhas historias