Casa da Fada Azul

Na casa da Fada Azul tem sempre biscoitos de gengibre, mel e canela, assando no forno!
Perfume de flores por toda parte...
Na casa da Fada Azul ouve-se risos de crianças, o cantar dos passarinhos e música suave, com flautas e sinos!

Sejam bem-vindos à casa da Fada Azul!


Em homenagem aos meus filhos, Dhayaram e Suraj, que amam fadas, principalmente a Fada Azul!

quinta-feira, 8 de maio de 2008

Samhain e as crianças

( Ritual de Samhain - Casa de Wicca - BH/MG )


"Doce ou travessura?"

Essa é a primeira "coisa de criança" que vem em mente quando se pensa na festa do Hallowen, forma na qual se popularizou o antigo Sabath Samhain.

Mas esse momento vai além de um simples doce ou alguma traquinaria.

É o início do inverno, as noites tornam-se mais longas e os dias mais curtos, até o momento do Solstício de Inverno.

Período de incertezas, esse Sabath traz consigo uma atmosfera mais introspectiva.

A relação desse Sabath com o "Dia de Finados" é indescutível, e faz parte do Ritual a celebração e homenagem aos antepassados e de todas as pessoas queridas que faleceram.

E então, como fazer com que a criança participe desse período, sem que isso seja um tabu ou um fato inconveniente ( falar sobre a Morte com as crianças pode ser bastante complicado para muitas pessoas ) ?

Vou descrever o que fiz para meus filhotes:

No dia 03 desse mês, participei de um Ritual de Samhain, realizado pela Casa de Wicca de Belo Horizonte, e eu trouxe minha lanterna para casa, pensando em meus filhotes.

No dia seguinte, à noite, sentei com eles na varanda, apaguei todas as luzes, acendi somente a vela da lanterna e contei muitas estórias!

Contar estórias é uma forma de estar bem perto da criança fisicamente e emocionalmente. Através das estórias estamos una com a criança, viajando com ela em seu Mundo de Fantasias!

A estória da Lanterna ( uma versão que criei ):

Estamos entrando no inverno e você percebe que as noites estão ficando, a cada dia, mais e mais longas?
Pois então, acendemos a lanterna porque é justamente nesse período do ano que todos os nossos antepassados tem a permissão de nos visitar.
Eu quero que apenas as pessoas que nos amaram venham até nossa casa.
Por isso eu fiz a lanterna com uma cara bem feia, para que os Espíritos que não nos conhecem, não se aproximem de nós!
Mas quem nos conheceu e, principalmente nossos antepassados de sangue, irão nos reconhecer, e não terão medo da "Cara Feia" da lanterna, porque eles conseguem chegar bem perto da luz e ver nossos rostos.
Então eles, através dos sonhos irão conversar com agente!
É bom prestar muita atenção nos nossos sonhos, nesse período do ano!

Além dessa estória, conte a seus filhos as estórias de família, dos antepassados, de onde vieram e o que fizeram nessa vida.

É um momento propício para passar para seu filho ou sua filha um objeto que pertenceu a alguém que já faleceu. Não precisa ser nada de valor material, mas que tenha um sgnificado importante para a pessoa falecida, para você e passe isso para os decendentes.

É uma forma de manter viva a memória de todos os entes queridos!

E lembre-se que esse é um momento feliz, de lembrarmos das pessoas com carinho e não de lamentar a sua passagem, pois dessa forma você fará com que a pessoa sofra!

Faça uma comida gostosa, enfeite a casa ou separe um cantinho para o "Altar dos Antepassados" e permita que a criança pergunte e participe!!!

Feliz Samhain!



2 comentários:

Danielle disse...

Coisa mais linda a historinha, Ary! Ano que vem eu conto pro meu filhote!!!!

Beijos!

Ariany disse...

Que bom que gostou!!!

Sempre é tempod e contar estórias para nossos filhotes!

Bjsss